Doria reconhece erro e pede desculpas por viagem a Miami

Governador foi criticado nas redes sociais por ter embarcado no momento em que era decretado aumento das restri√ß√Ķes em SP em raz√£o do crescimento dos casos de covid-19

Doria reconhece erro e pede desculpas por viagem a Miami

O governador de S√£o Paulo, Jo√£o Doria (PSDB), gravou um v√≠deo em que pede desculpas pelo erro de ter viajado a Miami (EUA), na ter√ßa, no mesmo instante em que era decretado aumento das restri√ß√Ķes no Estado por conta do crescimento da taxa de contamina√ß√£o por coronav√≠rus.

A viagem de Doria também coincidiu com a confirma√ß√£o de contamina√ß√£o pelo coronav√≠rus do vice-governador, Rodrigo Garcia (DEM), que havia assumido o comando do Estado interinamente.

"Eu j√° estou de volta aqui a S√£o Paulo. Mas antes de explicar a voc√™ as raz√Ķes da minha viagem e do retorno, quero transmitir aqui as minhas desculpas", diz o governador no in√≠cio de um v√≠deo de 3 minutos e 44 segundos.

"Desculpas a aqueles que imaginaram que eu estivesse deixando a cidade e o Estado de S√£o Paulo, depois de medidas restritivas, para desfrutar uma vida confort√°vel, com menos restri√ß√Ķes, em Miami. N√£o houve essa inten√ß√£o, n√£o houve esse gesto", prossegue.

Depois de dizer que n√£o tem "comprimisso com o erro", o governador afirma que resolveu voltar no mesmo momento em que, logo após o desembarque nos Estados Unidos, recebeu a not√≠cia da confirma√ß√£o de contamina√ß√£o de Garcia.

Ele afirmou que iria participar de duas confer√™ncias na Flórida, convites que n√£o teve como atender anteriormente.

Nas redes sociais, Doria foi muito criticado pela viagem. Mesmo assessores mais próximos reconhecem que a circunst√Ęncia foi inapropriada e que resultou em barbeiragem pol√≠tica.

No fim do vídeo, ao falar do Natal, Doria faz um apelo por mais humildade e pede para que todos sejam "menos conflagrados".