Onda Roxa: Novo decreto dobra quantidade de ônibus em Monlevade

Foto : Cidade João Monlevade MG

Foto : Cidade João Monlevade MG

O prefeito de João Monlevade, Laércio Ribeiro (PT), publicou decreto que estende até o domingo de Páscoa a vigência da fase mais restritiva do programa Minas Consciente. O texto estende a vigência do decreto 35, que entrou em vigor na semana passada, alterando algumas disposições. A medida segue determinação do governo de Minas que estendeu o prazo da onda roxa em todos os municípios mineiros até o dia 4 de abril.


As regras seguem as mesmas, garantindo apenas o funcionamento dos serviços considerados essenciais. A novidade é que as viagens dos ônibus que fazem o transporte público devem ser duplicadas entre as 6h e às 9h e entre as 17 e as 20 horas, já que os veículos não poderão circular com passageiros de pé. O uso de máscaras e o distanciamento mínimo de dois metros entre as pessoas permanece obrigatório e está proibido o consumo de bebida alcoólica em locais públicos ou de uso coletivo.


A multa para o primeiro descumprimento das imposições é de até R$252,42, enquanto que os reincidentes serão cobrados em até R$25.241,60, valendo para pessoas físicas ou estabelecimentos. Além disso, os locais que burlarem a determinação podem ter seus alvarás suspensos por 60 dias após o fim da vigência do decreto e até ser compulsoriamente fechados.