Homem é acusado de matar a tiro cachorro de criança em Itabira

Homem é acusado de matar a tiro cachorro de criança em Itabira

Um homem, de 44 anos, está sendo acusado de ter atirado e matado o cachorro de uma criança, no bairro Conceição, em Itabira. A Polícia Militar foi acionada para o registro da ocorrência por volta das 17h40 de sábado (10/04). O suspeito fugiu e não foi encontrado.

O solicitante da ocorrência relatou para os militares que escutou um estampido de disparo de arma de fogo e notou o cachorro do filho correndo e gritando no quintal da residência, que, ao verificar, constatou que o animal havia sido baleado na região da barriga.

A testemunha afirmou ainda que ligou para o suspeito e questionou do porquê havia atirado no cachorro, tendo ele confirmado o fato e dito que atiraria de novo se caso precisasse.

O cachorro não sobreviveu ao ferimento e faleceu no colo do garoto, que ficou muito abalado com a perda do amigo de estimação. Os militares foram até a casa do autor, porém ele não foi encontrado para prestar esclarecimentos.

A ocorrência foi registrada pelos policiais e encaminhada à delegacia de Polícia Civil, que irá instaurar um inquérito para investigar o caso. O suspeito poderá ser indiciado no Art. 32 da Lei 9.605/1998 – Praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos: § 1º- A Quando se tratar de cão ou gato, a pena para as condutas descritas no caput deste artigo será de reclusão, de 2 (dois) a 5 (cinco) anos, multa e proibição da guarda. (Incluído pela Lei nº 14.064, de 2020).